quarta-feira, 17 de junho de 2009

O significado das coisas: epílogo

9 comentários:

Débora Lima disse...

Muito bom! Copiei pra mim!

Workaholic disse...

Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelo blog. Quero também aproveitar o espaço para divulgar uma nota publicada no Jornal do Cariri (9-15 de Junho), onde o Pastor e Promotor Germano Guimarães critica a teoria de Darvin. segue link de um scan que tirei do jornal:
http://img134.imageshack.us/img134/9286/digitalizar0002i.jpg
Gostaria de pedir que você publicasse nota de esclarecimento no referido jornal. Obrigado

Waltécio disse...

Prezado Renato,

Obrigado por ter gostado do Blog. Dia após dia ele se torna mais sério e necessário para mim. Tenho agora o compromisso de tentar escrever o melhor das idéias mais atuais e polêmicas na ciência em nosso dia a dia... o tempo dirá se conseguirei essa proeza.

Sobre a nota do pastor, não esperava algo diferente de alguém sem educação científica rigorosa, aqueles que ficam na superfície e senso comum defendendo pontos de vistas bem restritos, às vezes com interesses pessoais bastante explícitos.

Sobre uma nota de resposta eu pergunto: quanto tempo e espaço disponho para escrever sobre Darwin e a teoria da Evolução?

De minha parte peço alguns dias (no máximo até a sexta feira) e o mesmo espaço do Sr. Germano Guimarães, caso concorde, escreverei com maior prazer sobre o assunto que será tema de minha palestra Charles Darwin: 150 Anos Após "A Origem das Espécies" no Congresso Nordestino de Biólogos: 30 Anos de Profissão no Brasil (João Pessoa - PB, 2-3 de setembro, 2009): http://congresso.ronilson-paz.net/programacao.html

Desde já agradeço pelo convite e oportunidade de divulgar a ciência neste nosso país tão carente disso.

Um grande abraço,

Waltécio

Ronilson Paz disse...

Estamos todos aqui em João Pessoa esperando a palestra de Waltécio.

Com relação ao artigo do Pastor Germano, li-o e percebi que ele deveria estudar um pouco mais de darwinismo e evolução, para não escrever besteiras, como o fez. Creio que o texto não merece nem réplica. Dizer que os evolucionistas consideram a bíblia "uma referência histórica"?!?!?! Nem isto, meu amigo, nem isto.

Espero que ele, após ler este comentário, não queira aplicar, em mim, as determinações de Jesus Cristo, contida em Lucas 19:27.

Ronilson

Waltécio disse...

Meu amigo Ronilson! Em apenas alguns séculos atrás qualquer um de nós seríamos acusados de apostasia, depois anátema e morte... Bem, mas não precisa tanto, eu, você, ateístas e mesmo todos os cristãos do mundo... seríamos todos considerados apóstatas no Irã... Por isso, defendo um Estado Laico e sou contra fundamentalistas.

O autor da nota demonstra total desconhecimento do que é uma ameba e como esta é constituída(*). Pior ainda os processos bioquímicos universais. Ele deveria saber que muitas de nossas células, por exemplo, os linfócitos e os macrófagos, são nossas "amebas de defesa corporal" e locomovem-se (por projeções citoplasmáticas - "pseudópodes")indistintamente das amebas de vida livre. Todas as células de nosso corpo possuem estruturas membranosas homólogas às das amebas... e temos a mesma constituição bioquímica e vias metabólicas universais. Similaridades que não deveriam existir, caso tivéssemos sido “criados” separadamente. Tudo isso só faz sentido à luz da evolução! As homologias compartilhadas são as principais evidências de que temos um ancestral comum com todos os seres vivos!

Um grande abraço e até setembro em João Pessoa!!!

Waltécio

(*) Sem contar o preconceito (especismo) contra outros seres vivos contido na nota do jornal. Como se nós humanos fossemos a quintessência da vida neste planeta. Por exemplo, o oxigênio que nós respiramos a cada momento é produzido e mantido constantemente por microalgas (protozoários). Agradeço demais a esses pequenos seres por essa dádiva verdadeiramente divina!!!

E.R.F. Medeiros disse...

1. Saber ignorar certas coisas é uma arte;

2. Apesar de (1), um bom cientista não perde a oportunidade de divulgar o pensamento científico, mesmo que para as baratas;

3. O termo que você chama de "especismo", não sei de onde você tirou, foi confeccionado por Carl Sagan nos anos 70 e ele chamava de especiesismo. É feio, mas respeite a obra intelectual do cara;

4. Cadê? Quero mais posts;

5. Tô esperando você pra tomar aquela cerveja.

Ronilson Paz disse...

O termo especismo foi cunhado pelo psicólogo britânico Richard D. Ryder, em 1970.

"Eu uso a palavra 'especismo'," explicou dois anos mais tarde, "para descrever a discriminação habitual que é praticada pelo homem contra outras espécies (...) Especismo e racismo ignoram ou subestimam as semelhanças entre o discriminador e aqueles que são discriminados."

Tá lá no Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Especismo

Eduardo disse...

O livro de Carl Sagan onde ele "cria" o termo "especiesismo" é de 79. Ele dá uma justificativa pra cunhar o termo dessa forma. Acho que ele não sabia que já havia sido inventado, hehe. Digamos que ele criou o termo independentemente.

Waltécio disse...

Ronilson está certo, Eduardo! O problema é da tradução do livro de Carl Sagan para o português.

O termo usado em biologia é especismo mesmo!

Logo volto a escrever... Estou apenas recompondo pedaços de mim que perdi com a morte recente de meu pai.

Abraço!

Waltécio

 
BlogBlogs.Com.Br